Michel Santana: Das tesouras ao tebori

Michel Santana: Das tesouras ao tebori

Michel Santana, depois de quase dez anos cuidando de cabelos, decidiu que era hora de mudar. Largou as tesouras e foi aprender micropigmentação. Viu no microblading com o uso do tebori uma oportunidade de se destacar. E sua aposta foi certa. Em pouco mais de dois anos como micropigmentador, Michel já é referência na área.

“Quando conheci a micropigmentação, percebi uma oportunidade de me destacar com o uso do tebori“, conta Michel ao MagBlog. “A crise estava tornando a prática de cabelereiro mais difícil por conta dos custos de água, luz e produtos. Daí, vi na micro uma facilidade maior e um melhor custo-benefício”, completa.

Seu jeito carismático também impulsionou sua carreira. Nas redes sociais, Michel faz sucesso demonstrando muita espontaneidade . Em lives e vídeos, ele fala de suas experiencias como professor e palestrante e também mostra a técnica de micropigmentação “perfect line” usando o tebori.

Para quem está começando, Michel deixa uma dica. “Você sempre vai encontrar obstáculos em uma trajetória, mas se achar uma oportunidade, continue e siga fazendo.”

Na 15ª Jornada de Micropigmentação, Michel vai apresentar sua técnica ao vivo, onde ele destaca os 3 Ps como caminho para atingir a linha perfeita: pressão, profundidade e precisão.

Então, se você quer ver o Michel de perto e saber mais sobre a técnica “perfect line”, não fique de fora da Jornada de Micropigmentação. Inscreva-se!

 

 

 

 

 

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *