Pontilhismo em micropigmentação: efeitos e criatividade

Pontilhismo em micropigmentação: efeitos e criatividade

Para atingir diferentes resultados, a micropigmentação desenvolve múltiplas e distintas técnicas. O pontilhismo em micropigmentação complementa o realismo, com ênfase no efeito powder,  tipo pó ou sombra. Para quem busca um visual mais make-up, os resultados são sempre satisfatórios. Para o objetivo desejado, o micropigmentador pode realizar diversas manobras com nuances entre o  claro e escuro. E a técnica permite o uso tanto de um mesmo tom quanto a combinação deles.

Um pouco de história

O pontilhismo é inicialmente desenvolvido por artista plásticos no final do século 19. Depois, ele passou a ser utilizado por tatuadores. Mais recentemente foi  introduzido na  micropigmentação.  Seu uso na micropigmentação tem relação com a  busca pela naturalidade. Como o fio-a-fio pode não dar bons resultados em alguns tipos de pele surgiu a necessidade de uma técnica que apresentasse um resultado transparente e com possibilidade de fazer um efeito degradê.

Peles oleosas

É comum os profissionais optarem por essa técnica quando em peles oleosas, sensíveis e com dificuldade de pigmentar fios. A técnica é adequada também  para casos de cover up e neutralização de tons. De uma forma geral, o pontilhismo  garante  transparência e o mínimo de lesão. Isso resulta em boa fixação e uniformidade da cor.

 

 

Além das sobrancelhas

A técnica de pontilhismo em micropigmentação vai além das sobrancelhas. Ela também pode ser usada para tricopigmentação, sombreamento de eye liner e reconstrução aréolar.

Nesta semana, voltaremos ao tema com dicas preciosas passadas pela master Mag Marcia Martins. Fique de olho.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *