Shading para realçar o fio-a-fio

Shading para realçar o fio-a-fio

Para buscar mais realismo como resultado na micropigmentação em sobrancelhas, a mescla de técnicas é o melhor caminho. A professora Marcia Martins explica que técnica de fios se torna realista de fato quando transmite um efeito 3D, com um visual de volume. Portanto, o fio-a-fio precisa estar associado a uma técnica complementar para apresentar um resultado com sombra a luz.

“O shading serve sempre como efeito necessário para volume e sombra. Com o fio-a-fio, provoca encanto em quem olha o trabalho final”, afirma Marcia. “Em geral, as clientes têm preferido desenhos mais marcados. Muitas vezes acham que o fio-a-fio apenas não atinge o esperado. Assim, o shading é algo fantástico. Com o uso do dermógrafo, não há riscos e o trabalho fica perfeito”, complementa.

Marcia ainda aponta que, além da técnica, o profissional deve atentar à geometria, ao paralelismo e ao comprimento da sobrancelha, assim como ao tipo de rosto, para definir o modelo apropriado ao cliente. “Com base na psicologia da forma, entendemos que o formato e a cor do par de sobrancelhas não devem nunca exercer maior destaque do que os outros elementos do rosto e o que mais se deve destacar são os olhos e a boca”, ressalta.

Sobre o pigmento mais correto para fazer tanto o fio-a-fio quanto o shading, Marcia destaca a linha Mag Gold. “São pigmentos que acompanham qualquer técnica com a certeza de agregar valor ao trabalho, pois são produtos genuinamente desenvolvidos para a micropigmentação, e que podem ser harmonizados de acordo com a criatividade e expertise de cada profissional”, comenta.

Nesta sexta-feira, a professora Marcia Martins vai estar em um live no Facebook falando sobre as técnicas de 3D e também tirando dúvidas dos internautas micropigmentadores. Não percam!

 

 

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *